domingo, 12 de setembro de 2010

80 MINICONTOS EM "A SEGUNDA SOMBRA"


Minha mãe teve filhos de 4 em 4 anos. Imagino o malabarismo que enfrentou naquele tempo para controlar o processo, ela que teve nove irmãos que vingaram.

Mera curiosidade, tenho publicado livros de 4 em 4 anos: "Água de cacimba", em 1998, "A dama do Velho Chico", em 2002, "Matalotagem", em 2006, e agora em 2010 os gêmeos bivitelinos "Beira de rio, correnteza" e "A segunda sombra". Espero não demorar mais 4 anos para publicar outro livro.

Aqui vai um aperitivo de "A segunda sombra", que será lançado no dia 18.09, a partir das 10h (até umas 14h), na livraria LDM, centro de Salvador:

EMBRIAGUEZ AMOROSA

Diante do abismo, recuo um passo. E me ajoelho, trêmulo. A outra margem torna-se um tênue aceno; o abismo, tudo. No profundo rio que o preenche, mergulho meu mais doce pensamento. Que por lá fica a voltear, feito isca insípida e imprópria. Não há retorno para ele nem para meus passos. Tomado pelo abismo, finco minha morada no barro da borda. À espreita, não sonho pontes nem aspiro pela outra margem. Apenas domo o desejo enquanto lapido a coragem para o inevitável salto.



5 comentários:

  1. Linda essa história de abismo, essa história de amor. Bjsamovc

    ResponderExcluir
  2. Magnífica amostra. Aquele abraço.

    ResponderExcluir
  3. Posso levar para juntar ao convite e colocar no Leitora?

    ResponderExcluir
  4. Claro, Gerana, e aproveito para agradecer a força. Até lá. (Carlos)

    ResponderExcluir